quinta-feira, 13 de setembro de 2007

A nação diminuída, a ética derrotada

O jornal Zero Hora em seu editorial (13.set.2007), intitulado A derrota da ética, observa que a absolvição do Presidente do Senado, Renan Calheiros, numa sessão secreta teve um resultado: a ética foi derrotada e a nação diminuída.

Uma vez mais o PT, Lula e seu governo foram os grandes mentores dessa derrota da ética no País, pois foram eles que salvaram o grande aliado Renan Calheiros. Como no caso do Mensalão as instituições e o Brasil foram vilipendiados.

  • O Senado da República, por maioria de 40 votos a 35, com seis abstenções, traiu a nação ontem, utilizando-se do subterfúgio legal do voto secreto para manter na presidência do Congresso Nacional um parlamentar que abusou das prerrogativas do cargo, inclusive para constranger seus pares no julgamento a que foi submetido.Ao optar pela absolvição do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) das acusações de quebra de decoro parlamentar, o plenário do Senado Federal assumiu uma posição que contraria o desejo da sociedade de implantar instituições republicanas, no sentido mais expressivo das virtudes que esse termo encerra. ....

    A decisão de livrar o senador-presidente representa, neste momento, uma espécie de deplorável contraponto à histórica decisão do Supremo Tribunal Federal, tão festejada pela sociedade, de abrir ações penais contra os 40 denunciados no escândalo do mensalão, muitos deles parlamentares ou ex-parlamentares. ....

    O Senado perdeu a oportunidade de crescer na opinião da sociedade. A sessão e o voto secretos, aliados do corporativismo e do compadrio, ajudaram um conjunto de senadores que representa metade da Casa a manter uma situação que é o alvo da indignação nacional. Os votos que absolveram Calheiros não seriam suficientes para elegê-lo. E a partir de agora, um dos poderes do país estará nas mãos de um político desprestigiado e apequenado que, mesmo tendo vencido ontem, está derrotado pela sociedade.

2 comentários:

Jeanne disse...

o blog é esclarecer, lúcido e agradabilíssimo para ler. Parabéns!

Jeanne Blanchet.

Jeanne disse...

Este blog reflete opiniões lúcidas, é esclarecer e agradabilícimo de ler. Parabéns!