quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Permanência indefinida no poder

Em sua incansável maratona de discursos - que o torna mais um eterno candidato no palanque do que um Presidente em exercício - Lula deixa escapar, de vez em quando, em tom populista, sua ânsia de uma permanência indefinida no poder.

Desta vez foi no Palácio do Planalto, durante o lançamento de um plano de investimentos na área social voltado para a inclusão de pessoas com deficiência. Depois de assinar um decreto, Lula, como não podia deixar de ser, fez suas habituais piadas. Mostrando a mão em que não tem um dedo, afirmou que "nós temos um presidente da República que tem uma pequena deficiência, mas que não é impeditiva de exercer o mandato". Será a única? E nenhuma delas é mesmo impeditiva?

Indagações à parte, vamos ao que interessa. Noticia o jornal O Estado de S. Paulo (27.set.2007), em matéria intitulada Ações para deficientes terão R$ 2 bi, assinada por Lissandra Paraguassú, que Lula voltou a afirmar que o dinheiro investido pelo governo não será considerado um gasto. E acrescentou:

  • "O Brasil é detentor de um dívida social tão imensa, acumulada ao longo dos séculos, que todas as vezes que nos dispomos a fazer o pagamento dessa dívida percebemos que não é possível pagar o que não foi feito em séculos ou décadas em apenas um mandato presidencial".
Lula parece esquecer (será que esqueceu?) que já está em seu segundo mandato. A afirmação presidencial talvez indique que, para resgatar uma "dívida social" de séculos, ele precise de um mandato de décadas.

Diante de frases de tal teor, propostas como a formulada pelo 3º Congresso do PT, com manifesto apoio de Lula, da realização de uma Constituinte exclusiva para a reforma política, só podem gerar desconfiança e preocupação.

Foi assim que Chávez foi montando "democraticamente" sua proto-ditadura.

Divulgue: clique no envelopinho aí embaixo e envie este post a amigos.

2 comentários:

Stella disse...

Lula sabe muito bem usar o marketing ao seu favor, com seu jeito bronco, bolsa-esmola e oposição destruída ( para não dizer Congresso exterminado ) ele vai sedimentando seu projeto de poder.
como aqui não há algum tipo de reação, quando se derem conta, já será tarde demais.
em tempo: ele já prometeu bilhões para diversas áreas, mas liberou?
é só propaganda, o gasto da máquina é altíssimo

Anônimo disse...

ZEPOVO
Lula chegou ao poder democraticamente, até agora respeitou rigorosamente a Constituição.
Qual o problema de vcs? Podem criticar o que está errado e o que pode melhorar; mas não, vcs preferem falar de coisas terríveis como ditadura e comunismo que podem ,talvez quem sabe e eu acho que Lula vai fazer...
Não tem mais fatos concretos para critica ? Porque o caos aéreo dá tanto "ibope" e o caos da saúde pequenas notas??
Será que passageiros de avião são mais importantes que preto-pobre jogado no corredor de hospital publico???